Afinal, por quê buscamos sinais de vida extraterrestre?

‘Willy Wonka’ morre aos 83 anos
29/08/2016
Quer ter uma pele melhor para o próximo verão?
30/08/2016

Afinal, por quê buscamos sinais de vida extraterrestre?

O Homem é  curioso por natureza. Talvez, um dos fatores de sucesso em sua linha evolutiva seja exatamente esse: buscar o conhecimento e o mecanismo de funcionamento das coisas. Podemos considerar, hoje, que estamos em um ponto interessante na escala evolutiva. Em um período relativamente curto, descobrimos muitas coisas sobre o universo e sobre nós mesmos. Ainda assim, sabemos que temos potencial de nos desenvolvermos mais em diversos aspectos.

Nosso conhecimento as vezes parece insignificante se considerarmos a vastidão do universo e a quantidade de coisas que não explicamos. Se a Terra já é grande o suficiente a ponto de não termos descoberto tudo o que há e acontece nela, ao mesmo tempo, o Cosmos  nos assusta e causa admiração. O fascínio pelo desconhecido nos impulsiona, nos atrai.

Um dos mistérios que mais instiga o Homem é a possibilidade de vida fora da Terra. Mas por quê essa informação seria relevante paExtraterrestre1ra nós?

Além de desvendarmos o mistério (enriquecendo assim o Saber), teoricamente seriamos beneficiados em outros aspectos. Constatar isso permitiria  que estudássemos outra forma de vida (talvez mais avançada do que a nossa) e agregássemos um novo conhecimento.

Já tentamos estabelecer contato com seres de outro planeta ao longo da história. Quatro radiotelescópios espalhados pelo mundo trabalham em período integral buscando ruídos espaciais. Evidências específicas podem ser indicadores. A Rússia e alguns países europeus lançaram recentemente uma sonda com objetivo de localizar vida em Marte.

A NASA , em 1977, lançou a Voyager 1 e 2 no Sistema Solar que seriam destinadas a todos os alienígenas. Essas sondas contém mensagens em seu mecanismo. O registro é uma compilação fonógrafa de saudações da Terra em várias línguas e outros tipos de áudio projetados para introduzir ao ouvinte os sons da humanidade do século 20. Há um bebê chorando, sons de veículos motorizados,  código Morse, ruídos de animais, vento e chuva, e sons que representam o movimento planetário através da reprodução de diferentes frequências de áudio.  O disco de ouro também deveria conter mais de 90 minutos de gravações musicais, como Chuck Berry e Beethoven, mas não foram enviadas para a sonda por causa dos direitos autorais. Os Beatles deveriam ser incluídos, mas a gravadora EMI não permitiu.

voyager

Voyager 1 e 2

 

Por esses e outros fatores, fica evidente que constatar vida fora da Terra é uma questão importante para o homem. Seria tal constatação a  medida necessária para discutirmos o próximo passo da evolução da humanidade?

 

Comentários

Jonathan N. Ramos
Jonathan N. Ramos
Sou Jonathan, tenho 20 anos, nascido em Valhalla, NY. Fotógrafo amador, apaixonado pela natureza, filosofia, cinema. Sempre acompanhado de uma xícara de café e uma boa música! "Sejam todos muito bem vindos ao mundo maravilhoso das curiosidades!"

5 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar
Esconder
//]]>